O ciclismo impacta da impotência sexual

O ciclismo pode ajudar os homens a sofrer fraqueza?

Uma das maneiras mais fáceis de ter um corpo saudável é não só para a bicicleta boa para o seu corpo, mas também para economizar dinheiro, mantendo um ambiente bonito Infelizmente, há uma opinião na comunidade afirmando que o ciclismo pode ter um impacto negativo no pênis.

Os homens que frequentemente andam são frequentemente associados com disfunção erétil ou disfunção erétil. Esta condição pode causar disfunção erétil e se ocorrer ereção, é difícil curar. A fraqueza também pode estimular as emoções sexuais masculinas. Do ponto de vista dos médicos, essa suposição é verdadeira. Mas esta condição não é permanente

Normalmente, quando estamos sentados, vamos determinar o peso sobre o osso sentado (tuberosidade isquiática) .Esta parte do corpo é cercada por gordura e músculo e não há nervos ou órgãos arteriais. Esta área pode nos ajudar a sentar confortavelmente por muitas horas.

Infelizmente, a maioria dos ciclistas define o peso do corpo em uma sela de bicicleta que não é larga o suficiente para suportar o osso sentado. Como resultado, eles carregam para a área localizada ao redor do períneo da área.Esta área é na forma de canais ao longo do cânhamo isquiopúbico (a estrutura que liga os ossos e ossos pubianos). Vermelhidão e nervo peniano A pressão na área pode danificar os vasos sanguíneos e os nervos. De fato, as artérias e os nervos desempenham um papel importante em ajudar o processo de ereção do pênis.

O primeiro sintoma que indica que as artérias e os nervos estão danificados é o aparecimento de dormência ou formigamento na vizinhança dos seres humanos.

A pesquisa mostrou que o risco de homens com fraqueza aumentará ao pedalar por mais de três horas por semana.

Disfunção erétil (fraqueza, fraqueza) – o principal medo de todo ser humano no mundo.